Início E-mail O que você deve saber sobre teste A/B em emails

O que você deve saber sobre teste A/B em emails

por Heloisa
Publicado: Ultima atualização em 0 comentário
Testes ab

O teste A/B em emails é uma ferramenta valiosa no arsenal de qualquer profissional de marketing.

Ao aplicar essa técnica em campanhas de e-mail marketing, é possível refinar estratégias, aumentar a eficácia e, em última análise, obter melhores resultados, construindo campanhas que realmente funcionam para sua empresa.

Neste artigo, exploraremos o que são os testes A/B em e-mails e como eles podem ser aplicados e como conduzir um teste realmente eficaz.  

 

O que é o teste A/B em e-mailsTeste A/B em e-mails

Os testes A/B, também conhecidos como testes divididos, são experimentos onde duas versões diferentes de um elemento são apresentadas ao público.

No contexto de e-mail marketing, isso significa que você envia duas versões ligeiramente diferentes do mesmo e-mail para grupos de destinatários diferentes e observa qual versão obtém um desempenho superior, através das métricas de e-mail mensuráveis.

Os testes facilitam a montagem de estratégias, pois permitem a tomada de decisões com base em números concretos, sem a necessidade de se basear apenas em suposições.  

 

O que pode ser testado

Praticamente qualquer elemento de um e-mail pode ser testado em um experimento A/B. Alguns exemplos são:  

 

Horário de envio:

Testar diferentes horários e dias da semana ajuda a determinar quando a sua audiência é mais receptiva e engajada.

Por isso, se você tem uma ferramenta que proporciona o agendamento de e-mails, como a da i7 Host fazer este teste A/B é uma ótima estratégia.  

 

Assunto do e-mail:

Teste diferentes linhas de assunto pode determinar qual gera uma taxa de abertura mais alta entre o seu público, fazendo com que sua linha editorial se torne mais assertiva.

Por exemplo, se você tem uma marca de Skincare e quer realizar um teste A/B para conteúdos, basta selecionar um grupo de destinatários para enviar dicas de cuidados com a pele e para outro grupo lista de produtos acessíveis do mercado.

A partir disso, basta analisar qual apresenta melhores resultados. Entretanto, é importante destacar que é necessário realizar testes mais do que apenas uma vez para obter resultados concretos.  

 

Conteúdo:

Experimentar diferentes textos, imagens e layout, para entender qual versão leva a uma taxa de cliques mais alta, também é uma ótima estratégia.

Alguns estilos de e-mails podem ser mais atrativos do que outros para o seu público e isso faz toda a diferença no engajamento do seu e-mail.

Existem destinatários que preferem conteúdos mais sóbrios e clássicos e outros que se aproximam mais do criativo e divertido. Entender qual público é o seu faz toda a diferença para conseguir criar bons designs de e-mails .  

 

CTAs (Chamadas para ação):

CTAs são botões que podem ser distribuídos ao longo do seu e-mail e que convidam seu destinatário a realizar alguma ação de acordo com sua frase de comando, como “Compre já” ou “Fale conosco”.

Variar o texto, cor e posicionamento dos seus botões de CTAs te ajudará a entender o que motiva os destinatários a agir.  

 

Como conduzir um teste A/B eficaz

Agora que você já conhece algumas das possibilidades que podem ser observadas no teste A/B em emails, confira algumas dicas para conduzi-lo de forma eficaz:  

 

Defina o objetivo:

Antes de iniciar o teste, tenha um objetivo claro em mente, seja ele aumentar a taxa de abertura, a taxa de cliques ou a taxa de conversão.

Isso porque, objetivos diferentes requerem estratégias e testes diferentes. Portanto, defina a sua prioridade no momento e quais você pode testar posteriormente.  

 

Dívida aleatoriamente a audiência

Divida sua lista de destinatários em dois grupos aleatórios e envie a versão A para um grupo e a versão B para o outro.

Evite utilizar filtros de correspondência que colocaram, por exemplo, pessoas da mesma região ou da mesma idade em um único grupo, pois isso pode tornar os resultados tendenciosos.  

 

Mensure os resultados

Após o envio dos testes, não deixe de monitorar os dados com frequência. Utilize as métricas relevantes para determinar qual versão obteve o melhor desempenho.

Com base nos resultados, implemente as lições aprendidas em futuras campanhas.  

 

Conclusão

O teste A/B em emails  oferece uma abordagem baseada em dados para otimizar suas campanhas. Ao entender o que ressoa melhor com a sua audiência, você pode refinar continuamente suas estratégias e maximizar o retorno sobre o investimento.

Comece a fazer os Testes A/B agora para obter resultados e conte com a ferramenta da i7 Host para te ajudar no processo! Caso ainda não conheça nossos serviços, entre em contato conosco e saiba mais!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Olá. Como podemos lhe ajudar?

×